Mundo

Papa João Paulo I beatificado perante milhares de fiéis no Vaticano

Loading...
Milagre atribuído ao "Papa do Sorriso" é a cura inexplicável, em 2011, de uma menina de 11 anos que estava a morrer.

O Papa João Paulo I foi beatificado este sábado, numa missa conduzida pelo Papa Francisco e que juntou milhares de fiéis, no Vaticano.

Apesar do pontificado de Albino Luciani ter apenas durado 33 dias, o Papa João Paulo I ficou conhecido entre os fiéis como o "Papa do sorriso".

Morreu em 1978, aos 65 anos, e as causas da morte nunca foram esclarecidas.

O processo de canonização foi aberto em 2003. Este domingo, ocorreu a missa de beatificação, que é uma fase antes da canonização e de tornar "santo" João Paulo.

Andrew Medichini

O milagre atribuído a Albino Luciani é a cura inexplicável, em 2011, em Buenos Aires, de uma menina de 11 anos que estava a morrer, mas que alegadamente recuperou graças às orações do padre local que invocou João Paulo I.

Em outubro do ano passado, um conselho médico examinou o caso e considerou, por unanimidade, que a causa da cura não tem explicação científica.

Este domingo, a cerimónia de beatificação de João Paulo I juntou milhares de fiéis no Vaticano. Foi conduzida pelo Papa Francisco.

"Com um sorriso, Albino Luciani (João Paulo I) conseguiu transmitir a bondade do Senhor. É bela uma Igreja com um rosto alegre, sereno e sorridente, que nunca fecha as portas, que não endurece os corações, que não se queixa e que não guarde ressentimentos, que não seja raivoso, nem intolerante, que não se apresente de maneira mal-humorada, que não sofra de nostalgia do passado", disse o Papa Francisco durante a homilia.

Entre os fiéis na Praça de São Pedro, debaixo de chuva, esteve o Presidente italiano, Sergio Mattarella.

REMO CASILLI
Últimas Notícias
Mais Vistos