Mundo

Criança de quatro anos ajuda a salvar a mãe

Criança de quatro anos ajuda a salvar a mãe
Facebook/Department of Health, Tasmania
Mulher caiu dentro de casa e teve uma convulsão.

Ensinar as crianças a pedir ajuda em caso de emergência médica é fundamental e pode ajudar a salvar vidas. Foi isso que aconteceu na Austrália, no passado dia 27 de agosto. Um menino de quatro anos pediu ajuda quando a mãe teve uma convulsão.

Wendy Cocker, a mãe do pequeno Monty, tinha explicado que em caso de urgência médica, o filho devia chamar uma ambulância através do número 000 (equivalente ao 112). Contudo, não estaria à espera que o menino de quatro anos colocasse em prática esse ensinamento tão depressa.

No dia seguinte à explicação, Wendy sentiu-se mal e Monty ligou para o 000 (112): “A mamã caiu”, disse ao operador.

"Quando chegámos ao endereço, ele estava na janela à nossa espera, a acenar", disse o paramédico Mark Small à BBC.

Já dentro de casa, Monty encaminhou calmamente a equipa de paramédicos até à sua mãe, que tinha sofrido uma convulsão.

"O seu raciocínio rápido fez a diferença", disse o paramédico: "Especialmente se alguém bater com a cabeça ao cair ou tiver uma convulsão prolongada. Pode ser muito grave".

O paramédico australiano afirma que em 13 anos de profissão, nunca se tinha deparado com uma criança tão nova a chamar uma ambulância.

A mãe de Monty, que é enfermeira, disse que o menino sabia que tinha tomado a decisão certa ao pedir ajuda.

Os paramédicos voltaram mais tarde à casa de Monty, em Launceston, na Tasmânia, para entregarem um certificado de agradecimento.

Últimas Notícias
Mais Vistos