Mundo

Nigéria anuncia apreensão recorde de 1,8 toneladas de cocaína avaliada em 277,3 M€

Investigator hands showing a package containing illegal drugs
Investigator hands showing a package containing illegal drugs
As apreensões de droga têm aumentado na África ocidental que se está a tornar um centro para movimentar substâncias ilegais entre a América do Sul e a Europa.

A agência antidroga da Nigéria apreendeu um recorde de 1,8 toneladas de cocaína avaliada em 278 milhões de dólares (277,3 milhões de euros) num armazém de Lagos, a maior apreensão de sempre do país.

Cinco pessoas foram detidas, disse na segunda-feira a Agência Nacional de Aplicação da Lei da Droga nigeriana, adiantando que são alegados membros de um grupo internacional ligado ao narcotráfico, alvo de uma investigação desde 2018.

A agência disse que as drogas foram encontradas numa propriedade isolada na zona de Ikorodu, em Lagos, no domingo, numa altura em que "o cartel estava a tentar vendê-las a compradores na Europa, Ásia e outras partes do mundo", e classificou a apreensão como "um golpe histórico para os cartéis da droga e um forte aviso de que todos eles irão cair se não se aperceberem que o jogo mudou".

As apreensões de droga têm aumentado na África ocidental no último ano, indicando que os traficantes fizeram daquela área do continente um centro para movimentar substâncias ilegais entre a América do Sul e a Europa.


Últimas Notícias
Mais Vistos