Mundo

"Milagre": homem resgatado com vida 17 dias após sismo na China

"Milagre": homem resgatado com vida 17 dias após sismo na China
Future Publishing/Getty Imagens
O alerta às autoridades foi dado por um morador local.

No passado dia 5 de setembro, um sismo de magnitude de 6,8 na escala de Richter foi registado na província de Sichuan pelas autoridades chinesas. Para trás ficou um rastro de destruição e morte. Mais de 90 pessoas perderam a vida, de acordo com o balanço mais recente, mas ainda provisório.

Mas 17 dias depois do forte abalo, e quando já ninguém esperava por boas notícias, um homem foi encontrado com vida, foi hoje anunciado. Trata-se de Gan Yu, um trabalhador da central hidroelétrica de Wandong.

O alerta às autoridades foi dado por um morador local, que apelidou o resgate de "milagre da vida".

Segundo o jornal Beijing Daily, Gan Yu está internado mas o seu estado de saúde é estável e está consciente.

De acordo com a estação de televisão estatal CCTV, no início da semana passada, pelo menos 25 pessoas ainda estavam desaparecidas. As operações de resgate mantinham-se no terreno, mas as fortes chuvas que atingiam a região estavam a provocar desabamentos de terras e a dificultar a ação das autoridades.

A província de Sichuan, que faz fronteira com o planalto tibetano, onde placas tectónicas se encontram, é regularmente atingida por terramotos. Dois sismos registados em junho passado causaram pelo menos quatro mortos.

O terramoto segue-se a uma onda de calor e seca que levou à escassez de água e cortes de energia, devido à dependência de Sichuan de energia hidroelétrica.

Últimas Notícias
Mais Vistos