Mundo

Governo dos EUA mantém intenção de levar Snowden a julgamento

Edward Snowden está asilado na Federação Russa desde 2013
Edward Snowden está asilado na Federação Russa desde 2013
Rosdiana Ciaravolo

Putin concedeu cidadania russa ao ex-analista da CIA.

O governo dos EUA insistiu na segunda-feira em que o ex-analista dos serviços de informações Edward Snowden deve ser extraditado e submetido à justiça norte-americana apesar de ter adquirido a cidadania russa.

"A nossa posição não mudou. O senhor Snowden deve regressar aos EUA, onde tem de enfrentar a Justiça como qualquer outro cidadão norte-americano", disse, em conferência de imprensa, o porta-voz do Departamento de Estado, Ned Price.

O presidente russo, Vladimir Putin, concedeu na segunda-feira a cidadania russa a Snowden, de 39 anos, asilado na Federação Russa desde 2013.

O ex-analista dos serviços de informações fugiu naquele ano dos EUA, onde está acusado de violar a lei de espionagem, depois de revelar detalhes de programas daqueles serviços.

Snowden, que solicitou a cidadania em 02 de novembro de 2020, não fez qualquer comentário sobre a invasão russa da Ucrânia.

Últimas Notícias
Mais Vistos