Mundo

Família sequestrada na Califórnia encontrada morta

Vern Warnke, xerife do condado de Merced, onde a família foi raptada.
Vern Warnke, xerife do condado de Merced, onde a família foi raptada.
Michael Robinson Chavez/ Getty

"Confirmaram-se os nossos piores receios", disse o responsável da polícia da cidade de Merced, onde um bebé de 8 meses, a mãe, o pai e o tio foram raptados.

Quatro elementos da mesma família, incluindo uma menina de 8 meses, foram encontrados mortos numa zona rural após terem sido sequestrados na na cidade de Merced, no estado norte-americano da Califórnia, avançaram as autoridades, citadas pela agência Reuters. A família era procurada desde segunda-feira.

"Esta noite, confirmaram-se os nossos piores receios. Encontrámos as quatro pessoas e todas estão mortas", disse o xerife do condado de Merced, Vern Warnke, num comunicado em vídeo, divulgado na quarta-feira.

As vítimas, incluindo a bebé Aroohi Dheri, a mãe Jasleen de 27 anos, o pai Jasdeep Singh, de 36, e o tio da bebé, AmandeepSingh, de 39 anos, foram localizadas após um telefonema para as autoridades.

TWITTER

A família terá sido raptada na segunda-feira por um homem armado que a obrigou a entrar para um camião. A polícia deteve um suspeito de ser o autor do rapto.

Logo após o desaparecimento, a polícia, familiares e amigos, realizaram sem sucesso várias diligências para localizar as quatro pessoas.

"Precisamos da ajuda de toda a gente. Por favor ajudem-nos... para que a minha família possa regressar a casa", apelou o irmão de uma das vítimas, pouco antes de se confirmar o pior desfecho.

O suspeito detido pela polícia foi condenado em 2005 num caso de assalto à mão armada. O homem saiu em liberdade condicional em 2015. Vern Warnke explicou que no anterior caso, o indivíduo agiu sozinho e conhecia as vítimas.

O xerife do condado de Merced suspeita que haja mais pessoas envolvidas no rapto da família encontrada morta, mas para já as autoridades têm falta de provas que sustentem esta teoria.

Residentes na zona há muito tempo, a família desaparecida esta semana geria um pequeno negócio na cidade e era considerada pacífica. Desconhecem-se as motivações que poderão estado na origem do rapto, as autoridades vão continuar a investigar o caso.

Últimas Notícias
Mais Vistos