Mundo

Número de mortos em queda de ponte na Índia sobe para 120

Número de mortos em queda de ponte na Índia sobe para 120
Ajit Solanki

As autoridades indianas estimaram que 500 pessoas estavam na ponte pedonal e na proximidade, quando os cabos que suportavam a estrutura cederam.

Pelo menos 120 pessoas morreram no desmoronamento de uma ponte suspensa no estado de Gujarat, na costa oeste da Índia, num novo balanço, o chefe da polícia local.

"Recuperámos 120 corpos até agora. É provável que o número continue a aumentar à medida que as operações de busca continuam", disse P. Dekavadiya, chefe de polícia de Morbi, onde ocorreu o acidente no domingo.

O balanço oficial anterior dava conta de 75 mortos, a maioria afogada no rio Machchhu, sobre o qual se erguia a ponte, em Morbi.

Dekavadiya indicou que mais de 130 pessoas foram resgatadas do rio.

Loading...

As autoridades indianas estimaram que 500 pessoas, incluindo crianças, estavam na ponte pedonal e na proximidade, a cumprir rituais religiosos, quando os cabos que suportavam a estrutura cederam.

A ponte, com 233 metros de comprimento, data da época colonial britânica e tinha sido reaberta ao público há cinco dias, depois de sete meses de obras, sem que, noticiou a cadeia de televisão indiana NDTV, tenha sido emitido um certificado de segurança pelas autoridades.

Mergulhadores, embarcações e dezenas de soldados foram mobilizados para as operações de busca e salvamento.

O primeiro-ministro da Índia, Narendra Modi, que se encontrava no estado de Gurajat quando ocorreu o acidente, já manifestou apoio para a concretização das operações de socorro.

"Estou profundamente sentido pela tragédia de Morbi. Já falei com o chefe de governo de Gujarat sobre o acidente. As operações de socorro e resgate estão a decorrer e está-se a prestar toda a assistência necessária às vítimas", escreveu o governante na rede social Twitter.

Os acidentes em infraestruturas antigas e mal conservadas são frequentes na Índia, sobretudo em pontes.

Últimas Notícias
Mais Vistos