Mundo

Deslizamento de terra em ilha italiana: sobe para sete número de mortos

Loading...

A ilha de Ischia registou chuvas torrenciais na noite de sexta-feira que causaram inundações e um deslizamento de terra com grande impacto.

Mais seis mortos devido ao deslizamento de terras ocorrido no sábado na ilha de Ischia, Itália, foram encontrados este domingo, elevando o número de vítimas para sete, incluindo um bebé, enquanto prosseguem buscas por outros cinco desaparecidas.

No mais recente balanço provisório da tragédia estão contadas a primeira vítima encontrada no sábado, uma mulher de 31 anos, e outros seis cadáveres encontrados hoje, entre os quais estão dois irmãos de 10 e 6 anos, um casal com o seu bebé recém-nascido e uma búlgara de 58 anos, de acordo com a agência espanhola de notícias EFE.

A ilha de Ischia, voltada para o Golfo de Nápoles, registou chuvas torrenciais na noite de sexta-feira que causaram inundações e um deslizamento de terra com grande impacto na área do município de Casamicciola Terme.

Uma parte do monte Epomeo cedeu e alcançou várias casas, que estão a ser revistadas com grande esforço e dificuldade por equipas de emergência, reforçadas com unidades vindas de Nápoles e de outros pontos, e das Forças Armadas.

Os corpos estão a ser depositados na funerária do hospital Rizzoli, na cidade vizinha de Lacco Ameno, em Ischia.

As equipas de resgate somam esforços à procura de sinais de vida na Via Celario, em Casamicciola, o bairro mais afetado pelo desabamento, no sopé da montanha.

Nas buscas estão a ser usados cães para procurar sinais de vida sob os escombros, enquanto um barco da Guarda Costeira patrulha a costa, para onde vários carros e até autocarros foram arrastados.

Últimas Notícias
Mais Vistos