Mundo

Mulher reencontra família 50 anos depois de ter sido raptada

Melissa (centro) acompanhada pela mãe e pelo pai.
Melissa (centro) acompanhada pela mãe e pelo pai.
Reprodução Facebook @WE FOUND MELISSA!!!

Foi localizada na Carolina do Sul, a mais de 1.600 quilómetros de casa.

Melissa Highsmith era apenas uma bebé quando foi rapatada, em 1971, pela ama no Texas, onde vivia com a família. Mais de 50 anos depois foi localizada na Carolina do Sul, segundo o The Guardian.

O mistério sobre o desaparecimento de Melissa Highsmith terminou no sábado, quando se voltou a reunir com a mãe, o pai e os quatro irmãos.

Melissa tinha apenas um ano quando desapareceu. A mãe tinha acabado de contratar uma ama para cuidar dela, mas sem a ter conhecido. Quando a bebé lhe foi entregue desapareceu sem deixar rasto.

O desaparecimento foi participado à polícia, mas as investigações nunca deram em nada. Há pouco tempo a família decidiu criar uma página de Facebook sobre o seu desaparecimento e foi aí que começaram a surgir pistas sobre o seu paradeiro.

Em setembro deste ano uma denúncia anónima dava conta que Melissa Highsmith estaria perto de Charleston, na Carolina do Sul. Através de um teste de ADN, de uma marca de nascença e da data de aniversário conseguiram confirmar que era mesmo ela.

A família ficou muito contente com este reencontro, principalmente pela mãe, que chegou a ser acusada de ter matado a filha. Em relação à ama que terá raptado Melissa, não é conhecido o que lhe aconteceu.

A quem tem familiares ou amigos desaparecidos, esta família quer transmitir uma mensagem: "Nunca desistam".

Últimas Notícias
Mais Vistos