Mundo

Pedofilia infantil nas Filipinas pode-se tornar endémica

Loading...

A UNICEF avança que as Filipinas são o país com maior taxa mundial de exploração sexual infantil.

As crianças filipinas são as que vivem em maior risco de exploração sexual em todo o mundo. Os especialistas dizem mesmo que o país está a caminhar para a normalização da pedofilia.

Uma em cada cinco crianças filipinas está em risco de ser explorada e abusada sexualmente. O alerta é da UNICEF que diz que o país tem a maior taxa mundial de exploração sexual infantil e que se pode tornar endémica, nos próximos anos.

Nas Filipinas as imagens e vídeos de crianças a serem abusadas sexualmente são, neste momento, um negócio de muitos milhões de euros. Agora, com as redes sociais, a situação está a ficar cada vez mais descontrolada e há mais de dois milhões de crianças, com menos de 15 anos, em risco.

Pobreza no país

Nos últimos dois anos, com a pandemia, a situação no país piorou muito. As famílias, que já viviam na pobreza, perderam ainda mais poder de compra e uma em cada cinco menores filipinos, corre o risco de ser vítima de redes de pedofilia que, na sua maioria, começam em casa, com os pais ou outros familiares.

Com o crescimento da pobreza, associado a uma disseminação do acesso à internet, com o uso de telemóveis, os abusos, aumentaram de tal forma, que o governo de Manila decretou o combate à exploração sexual infantil, como um dos principais objetivos.

Os especialistas dizem que há uma espécie de normalização da pedofilia, da venda de imagens e vídeos de abusos sexuais contra menores e que há o risco destes crimes se tornarem endémicos em várias regiões do país. Sobretudo porque há décadas que as Filipinas são um destino de turismo sexual onde a maior parte das prostitutas são adolescentes.

Últimas Notícias