Mundo

ONU precisa de quase 50 mil milhões de euros para ajudar mais vulneráveis em todo o mundo

Loading...

O valor dos apoios tem de aumentar 25% em 2023.

A ONU afirma que no próximo ano serão necessários quase 50 mil milhões de euros para ajudar as pessoas mais vulneráveis em todo o mundo. Um valor recorde, que ultrapassa os números dos últimos anos. A ONU diz que nunca houve tantas pessoas a viverem debaixo do limiar da pobreza.

Mais de 339 milhões de pessoas vão precisar de ajuda para conseguirem sobreviver. O número é superior a toda a população dos EUA.

"Um aumento de 25% do total de 2022. Mais 65 milhões de pessoas do que este ano", admite Martin Griffiths, coordenador da emergência humanitária da ONU.

A ONU pede mais fundos aos países doadores para poder dar resposta à situação dramática que vivem milhões de pessoas.

A guerra na Ucrânia e as alterações climáticas estão a piorar a situação e a pobreza espalha-se pelos quase 70 países onde as agências internacionais são essenciais para a sobrevivência das populações.

No Afeganistão, Etiópia, Haiti, Somália e Sul do Sudão a fome já é endémica.

Mais de 220 milhões de pessoas vivem numa situação de total insegurança alimentar.

Últimas Notícias
Mais Vistos