Mundo

Covid-19: protesto contra restrições em Xangai acaba em confrontos com a polícia

Loading...

Manifestantes exigem demissão do Presidente Xi Jinping.

Na China, apesar de o Governo ter aliviado as medidas anti-covid nos últimos dias, continuam os protestos em várias cidades. Em Shangai, houve confrontos com a polícia durante uma vigília em homenagem às vítimas mortais de um incêndio que ocorreu na semana passada.

Uma semana depois do incêndio que matou 10 pessoas e fez vários feridos, centenas de manifestantes voltaram a sair à rua. Exigem um alívio das restrições que, defendem, dificultaram o trabalho dos bombeiros.

A polícia quis controlar a vigília, que acabou em confrontos. Shangai é apenas um dos palcos dos protestos, já que as manifestações acontecem em várias cidades chinesas num movimento quase sem precedentes na China. Pede-se mesmo a demissão do Presidente Xi Jinping.

Em Wuhan também houve momentos de tensão na noite de sexta-feira, quando a população quis entrar num local fechado pelas autoridades.

O Governo até aliviou algumas medidas, mas a onda de indignação continua. A China é o último grande país a manter restrições severas.

Últimas Notícias
Mais Vistos