Mundo

Brasileira de 82 anos resgatada após quase 30 anos de trabalho escravo

Brasileira de 82 anos resgatada após quase 30 anos de trabalho escravo
Canva

A mulher, negra e analfabeta, não recebeu salário nem teve direito a folgas durante as quase três décadas em que trabalhou na casa de uma médica e de um empresário.

Uma mulher de 82 anos foi resgatada de uma residência no interior do estado de São Paulo após ter sido mantida por um casal em regime de trabalho escravo durante 27 anos.

Segundo o Ministério Público do Trabalho (MPT), citado, esta quarta-feira, pelo portal G1, a mulher, negra e analfabeta, não recebeu salário nem teve direito a folgas durante as quase três décadas em que trabalhou na casa da médica e do empresário.

A justiça brasileira, de acordo com a mesma fonte, bloqueou 150 mil euros em bens dos acusados e o montante será transferido para a mulher, como reparação pelos abusos praticados pelo casal de Ribeirão Preto.

"A trabalhadora fazia referência à empregadora como aquela que provia tudo o que ela precisava. Na verdade, a empregada possuía um benefício assistencial, e a empregadora fazia a gestão daquele recurso e adquiria os géneros de primeira necessidade para a trabalhadora com esses recursos que eram passados pelo Governo. Salário nunca recebeu", alega um dos procuradores que investigou o caso, segundo o G1.

Ainda de acordo com o mesmo portal, a mulher pensava que os seus “empregadores” estivessem a guardar o seu dinheiro para que ela realizasse o sonho de comprar uma casa.

Últimas Notícias
Mais Vistos