Mundo

Explosões na Índia provocam pelo menos sete feridos

Explosões na Índia
Explosões na Índia
Channi Anand

As explosões prolongaram-se por cerca de 30 minutos na área de Narwal. Até ao momento, desconhece-se a autoria das explosões.

Pelo menos sete pessoas ficaram feridas na sequência de duas explosões que ocorreram em Caxemira, na Índia, numa altura em que a região está em alerta máximo de segurança.

As explosões prolongaram-se por cerca de 30 minutos na área de Narwal, tendo provocado, pelo menos, sete feridos, que foram transportados para o hospital local, confirmou à agência EFE um médico dessa unidade.

Até ao momento, desconhece-se a autoria das explosões, que decorreram numa altura em que a região está em alerta máximo de segurança devido às comemorações do Dia da República, que se celebra na próxima quinta-feira, e à marcha do líder da oposição do Congresso (INC), Rahul Gandhi.

Explosões na Índia
Channi Anand

Entre as medidas implementadas estão o aumento do patrulhamento e o recurso a drones para reforçar a vigilância.

A marcha de 3.500 quilómetros, liderada por Rahul Gandhi, iniciou-se em 7 de setembro de 2022 na cidade de Sriperumbudur, Sul da Índia, e terminará em Srinagar.

Esta ação decorre numa altura em que o partido da oposição quer recuperar a sua popularidade para fazer frente ao primeiro-ministro indiano, Narendra Modi, que está no poder desde 2014.

Últimas Notícias
Mais Vistos