Mundo

Governadora do Arizona suspende execuções e avalia protocolos para pena de morte

Justiça.
Justiça.
Canva

Em 2022, foram realizadas três execuções no Arizona. Atualmente há 110 prisioneiros condenados à pena de morte no estado norte-americano.

A governadora do Estado norte-americano do Arizona suspendeu todas as execuções e abriu um processo de avaliação dos protocolos para a aplicação da pena de morte.

Katie Hobbs, a primeira democrata a assumir este cargo desde 2009, criou a figura do comissário independente que vai "supervisionar a transparência nos processos de pena de morte" no Arizona.

"É o momento de enfrentarmos a necessidade de uma melhor fiscalização neste sistema", afirmou.

O Arizona tem, atualmente, 110 prisioneiros condenados a pena de morte, sendo que, em 2022, foram realizadas três execuções.

O 'Death Penalty Information Center', órgão não-governamental com sede em Washington, informou que 35% das tentativas de execução, no ano passado, foram "visivelmente problemáticas".

Últimas Notícias
Mais Vistos