Mundo

Apagão atinge grande parte do Paquistão, Lahore e Karachi ainda sem eletricidade

Apagão atinge grande parte do Paquistão, Lahore e Karachi ainda sem eletricidade
AKHTAR SOOMRO

Os cortes de energia são frequentes no Paquistão, que enfrenta uma crise energética crónica há anos e cujo sistema de distribuição é complexo e desatualizado.

Grande parte do Paquistão foi afetado esta manhã por uma falha no abastecimento de energia, incluindo a capital, com as cidades de Lahore e Karachi a permanecerem ainda sem eletricidade.

A paragem, que durou várias horas, deveu-se a uma avaria. Este é o segundo incidente deste tipo em apenas dois anos neste país com mais de 220 milhões de pessoas.

"Segundo as informações iniciais, a frequência do sistema na rede nacional caiu esta manhã, resultando numa enorme falha", disse o Ministério da Energia no Twitter.

A energia foi parcialmente restaurada pela manhã em Islamabad e em Peshawar, mas o principal centro económico, Karachi, com 15 milhões de habitantes e Lahore, com 10 milhões, ainda se encontravam sem eletricidade ao final da manhã.

O 'apagão' não teve impacto imediato no sistema de saúde, uma vez que a maioria dos hospitais tem geradores de reserva. As escolas, por outro lado, utilizam principalmente aquecimento a gás para aquecer as salas de aula.

Cortes de energia são frequentes no Paquistão

Um apagão semelhante, em janeiro de 2021, mergulhou a maior parte do país na escuridão durante várias horas, depois de uma avaria no sul do país ter desencadeado uma reação em cadeia em várias centrais elétricas.

Os cortes de energia são frequentes no Paquistão, que enfrenta uma crise energética crónica há anos e cujo sistema de distribuição é complexo e desatualizado. A situação deteriorou-se ainda mais nos últimos meses, com a terrível situação financeira do país a agravar ainda mais as dificuldades de fornecimento de energia.

As famílias foram afetadas, mas também a indústria, por exemplo no setor têxtil, que representa cerca de 60% das exportações do Paquistão.

Em maio de 2018, outro grande 'apagão' afetou o país, com a eletricidade a permanecer parcialmente cortada durante mais de nove horas.

Em 2015, 80% do país, incluindo as grandes cidades, ficaram mergulhadas na escuridão devido a um corte de energia causado, segundo o Governo, por um ataque separatista contra uma linha de alta tensão num distrito remoto da província do Baluchistão.

O 'apagão', um dos piores da história do Paquistão, afetou mesmo um dos aeroportos internacionais.

Últimas Notícias
Mais Vistos