Mundo

Animais com garras gigantes provocam onda de indignação contra Zoo na China

Animais com garras gigantes provocam onda de indignação contra Zoo na China
Canva

Várias fotografias de raposas-do-ártico com garras gigantes foram partilhadas numa rede social chinesa. Por não estarem cuidadas, as raposas apresentavam dificuldades em andar, o que gerou uma onda de contestação contra o Jardim Zoológico.

Raposas-do-ártico com garras gigantes estão a provocar uma onda de contestação contra um Jardim Zoológico em Changsha, na província chinesa de Hunan.

A revolta contra o Zoo cresceu quando começarem a circular nas redes sociais fotografias de raposas-do-ártico com dificuldades em andar por terem as garras por aparar.

Na rede social chinesa Weibo, segundo o Independent, vários utilizadores partilharam que as garras das raposas-do-ártico eram "absurdamente longas" e estavam a impedi-las de "andar normalmente". Segundo a imprensa local, houve mesmo visitantes a apresentar queixa contra o Jardim Zoológico.

Uma das publicações partilhadas teve mais de 15.000 partilhas e um efeito imediato: um dia depois uma equipa de veterinários foi enviada ao local.

Apesar de os responsáveis afirmarem que as raposas estavam de "boa saúde", vários especialistas do país recomendaram ao Jardim Zoológico que as garras fossem aparadas a cada seis meses.

Um veterinário chinês, citado pelo Independent, explica que “quando as raposas-do-ártico vivem na natureza, as garras desgastam-se naturalmente, mas num Jardim Zoológico, como correm pouco, apenas uma parte é desgastada”, sendo por isso necessário apará-las.

Últimas Notícias
Mais Vistos