Mundo

Cidade chinesa regista temperaturas inferiores a 50ºC negativos

Loading...

A temperatura média, em Mohe, costuma rondar os 15 graus negativos em janeiro.

Na cidade mais a norte da China, junto à fronteira com a Rússia, os termómetros registaram temperaturas de 53 graus negativos, as mais baixas de sempre.

Segundo os serviços meteorológicos locais, a região mais a norte da China, conhecida como o Polo Norte chinês, atingiu as temperaturas mais baixas de que há registo. Um recorde que levou o governo local a pedir à população para se proteger.

A cidade de Mohe fica junto à fronteira com a Rússia e os habitantes da região estão habituados ao frio intenso e a invernos que, em média, duram oito meses.

A zona é um importante destino turístico na China, com dezenas de parques naturais, pistas de esqui e de patinagem, que atraem milhares de pessoas, todos os anos.

Temperatura média, em janeiro, ronda os 15 graus negativos

A temperatura média, na principal cidade, costuma rondar os 15 graus negativos, em janeiro.

Há três dias que os termómetros estão abaixo dos 50 e as previsões apontam para que o frio intenso continue, pelo menos, até ao final da semana.

Últimas Notícias
Mais Vistos