Mundo

Organização terrorista queria provocar guerra civil na Alemanha e este era o plano

Loading...

Cinco pessoas foram acusadas de planear um golpe de Estado na Alemanha. O objetivo era instaurar uma guerra civil, que facilitasse o regresso ao sistema imperial.

A investigação polícial que começou o ano passado sobre um caso idêntico no país, acabou por desenterrar uma outra conspiração. Uma complexa organização terrorista dividida entre os ramos administrativo e militar, planeava desencadear uma guerra civil para assim tomar o Governo e regressar ao regime imperial.

Um anúncio que seria feito na televisão, com recurso a um ator que se faria passar pelo Presidente ou pelo chanceler alemão.

O uso da violência era um dado adquirido, para o grupo que já tinha previstas várias operações no país, incluindo o rapto do ministro da Saúde que seria posteriormente julgado devido às medidas impostar para travar a pandemia na Alemanha.

Foram encontradas barras de ouro, mais de 20 mil euros e várias armas e munições numa operação especial da polícia que levou, em abril, à detenção de quatro homens. Seis meses depois foi a vez duma mulher de 75 anos, considerada uma das cabecilhas da organização. Vão agora a julgamento depois de terem sido acusados pelo Ministério Público.

Últimas Notícias
Mais Vistos