Olhares pelo Mundo

Flagelo ambiental nos Balcãs: chuva intensa transforma rio Drina numa enorme lixeira

Loading...

Garrafas de plástico, pneus, restos de mobília e até eletrodomésticos, estes são exemplos do que agora se pode ver a cobrir grandes áreas do rio Drina. Veja o vídeo.

As fortes chuvas deixaram a descoberto o flagelo do lixo na região dos Balcãs. A força das águas arrastou muito plástico, e outro tipo de detritos como pneus, restos de mobílias e eletrodomésticos para o leito do rio Drina, que corre na fronteira entre a Bósnia e Herzegovina e a Sérvia.

As margens do rio e dos seus afluentes servem de depósito de lixo, por isso às águas estão agora transformadas em lixeira. A tarefa de remoção de toneladas de detritos é complexa, tanto mais que à chuva deu lugar a neve, o que torna o processo ainda mais moroso.

"Registámos fortes chuvas e fortes inundações nos últimos dias e um enorme fluxo de água de afluentes do Drina que agora, felizmente, está a diminuir", disse Diane Fortola, do grupo ambientalista Eco Centar Visegrad, à Associated Press.

"Infelizmente, o enorme fluxo de lixo não parou", acrescentou.

O rio Drina corre ao longo de uma distância de cerca de 350 quilómetros pelas montanhas do noroeste de Montenegro através da Sérvia e da Bósnia.

Alguns dos afluentes do Drina são conhecidos pela cor esmeralda e paisagens deslumbrantes.

Últimas Notícias
Mais Vistos