Opinião

Por estes dias #dia 7

HUGO DELGADO

"Agora já posso ver os meninos"

A tia Mila, que na noite eleitoral de outubro pôs a canja na mesa mais cedo para depois ficar livre para se sentar diante da televisão "a ver os votos" e sentenciou, horas depois, que "afinal estava tudo na mesma", a tia Mila está de quarentena mas não sabe.

Continua a fazer a vida de sempre: está por casa, trata das refeições para a família toda, e gosta de o fazer, cuida das galinhas, anda pela horta e quando o dia se faz noite, dedica-se à costura e aos lavores.

Não precisa de sair. Tem tudo em quantidade e as coisas do dia a dia ficam a cargo do filho que serve de estafeta.
A tia Mila não está muito preocupada.

Só não tem ido à missinha ao Domingo, porque não há.
Fica a ver na televisão
Não é a mesma coisa, mas funciona.

As saídas da tia Mila, sociais, como se diz, tirando um ou outro jantar de família que não são na casa dela, é muito restrita aos encontros de antigos militares do batalhão do marido.
O tio Fernando não perde um e a tia Mila faz questão de o acompanhar.
Mas como não tem havido jantares, a tia Mila não tem saído.

Nem precisa, nem lhe faz falta.
Em bom rigor, a tia Mila está de quarenta e não sabe.
Haverá melhor forma de estar de quarentena?

Ela só não percebeu o que quer dizer "profilático", ou lá o que é.
Mas como não deve ter nada a ver com a horta, as galinhas, a cozinha ou a costura, ou com os jantares da tropa, também não deve ter grande importância.

E, mais a mais, o tio Fernando conseguir ligar o ótezápe, e assim a tia Mila já consegue "ver os meninos".

LEIA TAMBÉM:

  • Estado de emergência vai ser renovado. Desemprego histórico em Espanha

    Coronavírus

    O decreto para renovar o estado de emergência em Portugal é discutido e votado esta manhã pela Assembleia da República. Só ao final do dia é que deve ser comunicado ao país, por Marcelo Rebelo de Sousa. Portugal regista 187 mortes e 8.251 casos de Covid-19. Espanha teve, em março, a maior subida de desempregados num só mês desde que há registo. Siga aqui ao minuto as informações sobre a pandemia.

    Direto

    SIC Notícias