Opinião

Leão humilhado no adeus europeu!

José Manuel Freitas

José Manuel Freitas

Comentador SIC Notícias

Às terças e sextas o futebol marca presença maioritária no Match Point, mas o Desporto em geral terá sempre aqui o seu espaço. Na escrita de José Manuel Freitas.

Bastou surgir-lhe no caminho uma equipa organizada, com capacidade de pressão e alguma profundidade, como foi o caso do Lask, para que o Sporting evidenciasse todas as suas fragilidades: nenhuma organização visível (muito menos um plano B), reduzida capacidade ofensiva, quase nenhuma intensidade, criatividade ao nível de uma equipa que estava ali para participar. Ou seja: o futebol pequenino, previsível e sem alma que tinha chegado, na base do sofrimento e coração, frente ao Aberdeen e Paços de Ferreira não foi suficiente e o leão disse adeus à Europa humilhado! E a roçar um resultado ainda mais desnivelado. O que é que se seguirá é difícil de adivinhar (conhecendo-se a forma de estar dos atuais dirigentes deve estar tudo bem…), mas o que é indesmentível é que no espaço de seis dias está terá sido a derrota (em três) mais devastadora para Varandas, Zenha e Bernardo. O bom senso ditaria que o líder leonino tomasse a única atitude possível. Só que para isso acontecer… tinha de um leão chegar à Lua.

RIO AVE MERECIA O CÉU

Faltou uma pontinha de felicidade ao Rio Ave para chegar à fase de grupos da Liga Europa. E teve sobejas chances, depois de uma grande penalidade estúpida, em cima do final do prolongamento, ter possibilitado o empate ao Milan. Depois, na decisão pelos penalties… foi a loucura. Infelizmente, os vilacondenses tiveram três grandes chances, mas não conseguiram e foi Donnaruma (keeper italiano) a tornar-se herói. Mas, pelo que fez, com brilhantismo, o Rio Ave merecia o céu. E assim, no sorteio de hoje, só lá estarão Benfica e Sp. Braga.

FC PORTO CANDIDATO NA CHAMPIONS

O sorteio da Liga dos Campeões não foi tão generoso para o FC Porto como aconteceu, por exemplo, com Juventus e Barcelona. É verdade que Manchester City, Olympiakos e Marselha (estes mais por terem Pedro Martins e Villas-Boas como treinadores) obrigam a muito trabalho, mas isso estão os portistas habituados. E, porque gosto de arriscar, surpreendido ficaria se dragões e “citizens” não fossem os apurados.

ÚLTIMO MANDATO DE LUÍS FILIPE VIEIRA

Com as eleições apontadas para 30 deste mês (a alteração pode advir de eventualmente o Benfica jogar fora de portas na véspera para a Liga Europa), Luís Filipe Vieira apresentou a sua recandidatura. Sem revelar nomes da sua futura estrutura, embora se saiba que Soares Oliveira, José Eduardo Moniz e Nuno Gaioso não vão continuar. Fica para mais tarde. Quanto ao resto: críticas à oposição por falta de ideias, mas convites a que todas as listas possam integrar o Conselho Fiscal – sem esquecer o que foi dirigido a Noronha Lopes, antes de este decidir ir a sufrágio – e a garantia de que será o último mandato, tão grande é a confiança na vitória. Que sim, parece garantida… mesmo que Vinícius seja emprestado. Quando ia valer uma fortuna…

PORTUGAL COM MUITA ESCOLHA

Fernando Santos deu a conhecer a lista de 26 futebolistas que vão atacar nova jornada dupla na Liga das Nações. Houve três mudanças, mas nem sequer se deu muito por isso, tão grande é o potencial à disposição do treinador. Aliás, pode afirmar-se sem exagero que na atualidade o responsável pode seguramente fazer escolhas num lote de 40 futebolistas. Para já é este o grupo que mais garantias lhe dá. Que se confirme essa ideia frente a França e Suécia, já depois do “clássico” com a Espanha… a feijões.

LEWANDOWSKI… COMO ESTAVA PREVISTO

Sem surpresa, o polaco Lewandowski foi eleito o melhor futebolista europeu da última temporada. Aquele que para muitos (quem escreve incluído) o melhor ponta de lança mundial da atualidade mereceu inteiramente o troféu: 47 jogos, 55 golos, 15 na Champions, melhor marcador da Bundesliga (34 golos), campeão alemão, vencedor da Taça e Supertaça germânicas e Liga dos Campeões, a que junta, já esta época, a Supertaça europeia. Simplesmente genial!

► A PÁGINA DO MATCH POINT