Análise

Bernardo Ferrão: “Porque é que só agora o Governo decide avançar para estas freguesias?”

Bernardo Ferrão diz estranhar o tempo que o Governo demorou a anunciar as medidas para Lisboa.

O Conselho de Ministros aprovou esta quinta-feira o diploma com dever de confinamento ao domicílio nas 19 freguesias abrangidas pela situação de calamidade. Bernardo Ferrão considera importante, mas estranha o tempo que o Executivo demorou a avançar, dado que o “problema já é visível nos números há muitas semanas”.

Considera ainda que as autarquias estão agora mais capazes para atuar no terreno e que, nos próximos tempos, com o surgimento de outros focos em todo o território, “a maneira de atuar é atacá-los no terreno”, diz.

Sobre a necessidade de recuar, explica que há uns meses as pessoas acataram as recomendações e ficaram em casa voluntariamente, mas que agora há uma saturação.