Análise

O esquema que terá beneficiado a EDP em 1.200 milhões de euros

As explicações de José Gomes Ferreira e Luís Rosa na Edição da Noite.

A EDP é arguida no processo das rendas excessivas. A empresa já foi notificada.

O Ministério Público acredita que há suspeitas de corrupção na contratação do pai do ex-secretário de Estado da Energia Artur Trindade como pagamento de favores e que, por isso, Artur Trindade também deverá ser constituído arguido.

A EDP foi constituída arguida apenas em relação a Artur Trindade e não aos restantes factos que ditaram, entre outras medidas, a suspensão de Mexia e Manso Neto dos cargos.

José Gomes Ferreira, diretor-adjunto de Informação da SIC, e Luis Rosa, redator principal do Observador, analisam o caso na Edição da Noite da SIC Notícias.