Análise

Novo Banco. “Há uma perda brutal de dinheiro”

Ricardo Costa analisa a auditoria externa ao BES e ao Novo Banco.

A auditoria externa ao BES e ao Novo Banco revelou perdas líquidas de 4.042 milhões de euros no Novo Banco e, segundo o Governo, o "relatório descreve um conjunto de insuficiências e deficiências graves" até 2014.

Ricardo Costa explica que esta auditoria abrange o período desde Ricardo Salgado, no ainda BES, até à venda do Novo Banco ao fundo norte-americano Lone Star e incide sobre temas que já fizeram parte das comissões de inquérito do Parlamento.

Questionado sobre a venda do banco, Ricardo Costa afirma que havia muitos bancos europeus que o podiam ter comprado, mas ninguém quis. Diz ainda que se o negócio fosse “espetacular” teriam aparecido várias instituições financeiras, mas só o Lone Star mostrou interesse.

Sobre o papel dos partidos, crítica os discursos repetitivos que classifica de “chapa 3”, pedindo a nacionalização do banco “como se não soubessem que o BCE não deixa que isso aconteça”.