Análise

Marques Mendes defende que Governo não deverá pôr dinheiro no Novo Banco em 2021

Marcelo Rebelo de Sousa considerou que a auditoria ao banco tem de ser "analisada com serenidade".

Luís Marques Mendes defende que a auditoria da Deloitte ao Novo Banco já deveria ter sido tornada pública e disse ainda que dificilmente o banco poderá contar com dinheiro dos contribuintes no próximo ano.

Auditoria ao Novo Banco tem de ser "analisada com serenidade"

Marcelo Rebelo de Sousa diz que a auditoria ao Novo Banco tem de ser "analisada com serenidade", de modo a que seja averiguado se a consultora Deloitte assessorou o Novo Banco na venda da seguradora G.N.B Vida, uma vez que poderá existir uma situação de "conflito de interesse".

A auditoria externa ao BES e ao Novo Banco revelou perdas líquidas de 4.042 milhões de euros no Novo Banco e, segundo o Governo, o "relatório descreve um conjunto de insuficiências e deficiências graves" até 2014.