Análise

Marques Mendes defende que mudança de presidente do Tribunal de Contas foi uma retaliação 

Luís Marques Mendes

Luís Marques Mendes

Domingo no Jornal da Noite

Comentador

"Eu acho que não é uma mudança, é uma vingança" 

Luís Marques Mendes diz que a Constituição prevê o mandato único apenas para o Tribunal Constitucional e não para o Tribunal de Contas.

O comentador da SIC considera que a substituição de Vítor Caldeira é uma retaliação.

"Eu acho que não é uma mudança, é uma vingança (…) Soa argumento de última hora... um pretexto"