Análise

Eleições nos EUA. 600 mil votos mal contados no Arizona dão margem a Trump

Germano Almeida

Germano Almeida

Comentador SIC

Comentador da SIC Germano Almeida faz o ponto da situação dos resultados das eleições.

O comentador da SIC Germano Almeida afirmou que consegue identificar vantagens para Joe Biden em quase todos os estados cujos resultados dos votos ainda não estão fechados. No entanto, realçou que ainda estão em aberto.

No Jornal da Noite, exemplificou com o estado do Arizona, em que a contagem oficial era de 98% e nas últimas horas baixou para 86%. Em causa estarão 600 mil votos que tinham sido mal contados. Estão agora como "não validados". O comentador da SIC lembra que, dessa forma, Donald Trump passa a ter 14% de margem para recuperar em relação ao candidato democrata.

Há ainda milhões de votos por contar. No caso da Pensilvânia a contagem dos votos poderá durar até sexta-feira.

VEJA MAIS NO ESPECIAL ELEIÇÕES NOS EUA

  • O primeiro dia de Web Summit 

    Web Summit

    Acompanhe aqui as palestras do palco principal. Neste primeiro dia, passam pelo palco nomes como Paddy Cosgrave, CEO e fundador da Web Summit, o primeiro-ministro António Costa, Ursula von der Leyen, presidente da Comissão Europeia, ou a atriz Gwyneth Paltrow.

    Em Direto

    SIC Notícias