Análise

Figuras do Estado vacinadas primeiro? “Claro que sim. É demagogia não aceitar que seja assim”

José Gomes Ferreira defende ser necessário proteger “o último reduto do poder político”.

A prioridade na vacinação contra a covid-19 para as altas figuras do Estado foi descartada. O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, só deverá ser vacinado quando começar a segunda fase da vacinação.

José Gomes Ferreira defende que, ao contrário do que foi decidido, as altas figuras do Estado deveriam ter prioridade na vacinação, questionando o que aconteceria se alguma delas adoecesse por ser infetada pelo novo coronavírus.

“Claro que o Presidente da República tem de ser vacinado, até porque tem mais de 70 anos. Os titulares dos órgãos de soberania deviam ser vacinados, claro que sim. É demagogia não aceitar que assim seja.”

Sublinha ainda que é necessário proteger o “último reduto do poder político”, que tem de estar a funcionar no caso de a situação pandémica piorar.

“É roubar vacinas ao resto dos portugueses? Não, nem são assim tantas pessoas”

Sobre a vacinação questiona ainda porque razão não foram mobilizadas as Forças Armadas. Explica, no entanto, que há falta de vontade política para “discutir à séria esta questão”.