País

Grupo privado Sanfil pode estar a lesar utentes e Serviço Nacional de Saúde

Investigação SIC

Grupo privado Sanfil pode estar a lesar utentes e Serviço Nacional de Saúde

Em silêncio, sem eco, a SANFIL, um grupo familiar de Coimbra, conquistou o quarto lugar na lista dos maiores operadores privados na área. O Grupo SANFIL cresceu afirmando-se líder no SIGIC, o sistema que o Estado criou, em 2007, para gerir a lista de espera para cirurgias. Entre 2008 e 2012, a SANFIL foi a entidade que mais facturou com as operações que os hospitais públicos encaminharam para os prestadores privados. Um grupo de funcionários, afastado pela administração, denunciou à SIC um conjunto de práticas que podem constituir comportamentos irregulares, na relação da SANFIL com o Estado e com os doentes.

O Ministério da Saúde já reagiu à reportagem da SIC. Num comunicado, emitido esta noite, fez saber que o ministro decidiu remeter o assunto para a Inspeção Geral de Atividades de Saúde para que investigue este caso como outros sobre alegadas promiscuidades entre a medicina pública e privada.

O texto sublinha que o ministro da Saúde defende regras mais transparentes na separação do que é o exercício de funções no Serviço Nacional de Saúde e a prestação de cuidados noutros serviços e lembra as orientações recentes que foram dadas nesse sentido.