País

Sete famílias há dois meses à espera para voltar a casa

Sete famílias há dois meses à espera para voltar a casa

Dois meses depois da derrocada de um muro no Cacém, que atingiu três prédios, e de sete famílias terem ficado desalojados, as famílias continuam à espera de saber de quem é o muro e como se vai resolver a situação. As seguradoras não querem dar resposta, a câmara retirou os escombros e pouco mais fez.