País

STJ diz que foi correta decisão de retirar 7 dos 10 filhos a mãe em 2012

STJ diz que foi correta decisão de retirar 7 dos 10 filhos a mãe em 2012

O Supremo Tribunal de Justiça diz que a decisão de retirar 7 dos 10 filhos a uma mãe de Sintra foi correta. O caso remonta a 2012. As crianças foram entregues para adopção porque a família não tinha condições para as criar. Os juízes do Supremo reafirmam agora que os menores estavam em perigo e afastam a possibilidade de visitas por parte da mãe.