País

Justiça arquiva inquérito quanto à TAP no caso de branqueamento

Rafael Marchante

A TAP divulgou esta sexta-feira um comunicado sobre a acusação de um ex-administrador da empresa num esquema de branqueamento. A companhia aérea afirma que o Ministério Público reconheceu que não existiam quaisquer indícios que responsabilizam a transportadores e, por isso, a Justiça arquivou o inquérito quanto à TAP.

Em comunicado, a companhia de aviação esclarece também que a administração comunicou às autoridades todos os elementos relativos às operações, que dizem respeito ao processo que envolve um ex-administrador por suspeitas de corrupção ativa.

A TAP afirma ainda que promoveu de imediato uma auditoria interna para apurar os factos relevantes para o processo. As conclusões foram transmitidas à Polícia Judiciária.