País

Colisão na A1 junto a Santarém provoca um morto e vários feridos

Uma pessoa morreu, duas ficaram feridas com gravidade e 29, entre elas cinco crianças, sofreram ferimentos ligeiros na colisão de um autocarro com um camião ocorrida esta quinta-feira na A1, junto a Santarém, disse à Lusa fonte dos bombeiros.

Paulo Cardoso, comandante dos bombeiros de Rio Maior em serviço no Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Santarém, disse à Lusa que os dois feridos graves foram encaminhados para o Hospital de Santarém, unidade que recebeu igualmente 16 feridos ligeiros, entre os quais três crianças.

Outros 13 feridos leves, entre os quais duas crianças, foram encaminhados para o Hospital de Vila Franca de Xira.

A colisão entre um autocarro da Barraqueiro, ao serviço da Rede Nacional de Expressos, que seguia na direção de Lisboa, e o pesado que transportava uma máquina agrícola, circulando no mesmo sentido, ocorreu às 18:09, ao quilómetro 61, no sentido Norte/Sul, da autoestrada do Norte, entre os nós de Santarém e do Cartaxo, afirmou.

No local estiveram 55 operacionais e 25 viaturas de várias corporações de bombeiros, da GNR e da Brisa e ainda a viatura médica de emergência e reanimação do Hospital de Santarém.

O tenente-coronel Manuel Afonso, porta-voz do comando territorial de Santarém da GNR, disse à Lusa que o autocarro embateu na viatura pesada de mercadorias, estando as causas do embate em investigação.

Às 20:30, o trânsito estava ainda condicionado no sentido Norte/Sul, fazendo-se a circulação pela faixa mais à esquerda.

Lusa

  • O que resta do Titanic?
    2:12