País

"Os partidos não podem sacrificar tudo ao democratismo interno"

"Os partidos não podem sacrificar tudo ao democratismo interno"

Sérgio Sousa Pinto é contra a rendição dos partidos a eleições diretas e a primárias e tem dúvidas sobre o papel de candidaturas de independentes na democracia. O deputado socialista foi convidado especial da universidade de verão do PSD, onde disse que os partidos fortes são essenciais ao regime democrático.

  • Sérgio Sousa Pinto mantém silêncio sobre governação
    0:44

    País

    Sérgio Sousa Pinto mantém o silêncio público sobre a saída da direção do PS em rutura com António Costa, por causa da formação do Governo com o apoio parlamentar do Bloco de Esquerda e do PCP. O deputado socialista foi convidado na universidade de verão do PSD, onde não fez um único comentário sobre a governação.