País

PJ esteve 11 dias sem prevenção contra terrorismo no Algarve

A Polícia Judiciária de Faro esteve onze dias sem prevenção contra o terrorismo, de acordo com o Diário de Notícias. A falta de inspetores no Algarve coincidiu com a semana dos atentados que abalaram a Catalunha.

Entre 14 e 17 de agosto, a prevenção terrorista ficou a cargo de um único inspetor, que a qualquer altura poderia ser deslocado para outra ocorrência.

O sindicato denuncia que o quadro de inspetores está preenchido em apenas 50% e alerta para os efeitos do desinvestimento da polícia criminal.

Há três anos que está a decorrer um concurso para admitir 120 novos inspetores, lançado pelo anterior governo PSD/CDS.