País

Extinto fogo na Sertã que começou sexta-feira

PAULO CUNHA

O incêndio, que deflagrou na sexta-feira à tarde na Sertã, no distrito de Castelo Branco, foi hoje dado como extinto, informou a Autoridade Nacional de Proteção Civil.

O fogo na localidade de Carvalhal entrou em fase de resolução, significando que estava extinto, apenas "com pequenos focos de combustão dentro do perímetro do incêndio", por volta da 01h00, disse fonte da Proteção Civil à agência Lusa.

Ao final da noite de domingo, o incêndio, embora já dado como dominado, ainda mobilizava mais de 700 operacionais e 220 veículos. As chamas chegaram a ameaçar no sábado várias aldeias e levaram ao corte do itinerário complementar 8 (IC8).

Lusa

  • Fogo na Sertã em fase de resolução

    País

    Mais de 900 bombeiros combatem dois incêndios no distrito de Castelo Branco. A maioria do contingente está no fogo da Sertã, que começou na sexta-feira à tarde e que esta manhã entrou em fase de resolução.

  • Vento dificulta combate às chamas na Sertã
    2:07

    País

    O incêndio no concelho da Sertã ainda não foi dominado. Quase 800 combatiam este sábado as chamas, um trabalho dificultado pelo vento forte. Várias aldeias estiveram ameaçadas durante a tarde, mas as chamas acabaram por destruir apenas área de floresta.

  • Fogo da Sertã está próximo de aldeias

    País

    O incêndio que lavra no concelho da Sertã está a aproximar-se de várias aldeias e obrigou ao corte do Itinerário Complementar (IC) 8, entre Vale do Pereiro e a Sertã, indicou a Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC).

  • Chamas levam ao corte do IC8 na Sertã

    País

    Dois incêndios de grandes dimensões lavram no distrito de Castelo Branco, nos concelhos da Sertã e da Covilhã, mobilizando 441 operacionais e 134 meios terrestres, e provocando o corte do Itinerário Complementar 8 (IC).

  • Projeto Tejo divide agricultores e ambientalistas
    13:30
  • Reis de Espanha em visita polémica a Havana
    1:24

    Mundo

    Na justificação oficial, esta visita destina-se a estreitar os laços económicos e financeiros entre os dois países. Uma viagem polémica, tanto para espanhóis como para cubanos.