País

Procurador destaca violência do crime no caso Máfia de Braga

Procurador destaca violência do crime no caso Máfia de Braga

O Ministério Público pediu a pena máxima - 25 anos de cadeia - para os arguidos em prisão preventiva no caso Máfia de Braga. Nas alegações finais, o procurador referiu a particular violência do crime.

  • "O sistema judiciário obriga testemunhas a reviver traumas"
    7:01

    Opinião

    Mauro Paulino, psicólogo forense e comentador SIC, foi convidado da Edição da Noite para analisar os desenvolvimentos do caso da Máfia de Braga. A filha do empresário morto foi ouvida pela terceira vez em tribunal. Para Paulino, as crianças em Portugal "enfrentam obstáculos do sistema judiciário", tais como a repetição e demora das deligências. O psicólogo lembra que para além de testemunha "a criança é uma vítima no caso" e que por isso, "não nos podemos esquecer dos procedimentos para a proteger".