País

INEM faz ajustes diretos extra para ter helicópteros em janeiro

O contrato de aluguer dos três helicópteros que estão ao serviço do INEM termina amanhã e os novos aparelhos para os substituir ainda não estão ao serviço.

O concurso internacional para o aluguer de quatro helicópteros foi aprovado em abril mas foi apenas lançado em novembro e, de acordo com o jornal Público, a demora fez com que o INEM tenha agora de recorrer a ajustes directos para garantir resposta médica de emergência pelo ar a partir de 1 de Janeiro.

Segundo o Público, esta solução de recurso vai custar quase meio milhão de euros por mês.

O INEM ainda está em fase de recepção de propostas e prevê que o concurso esteja concluído até ao final do primeiro trimestre de 2018.