País

Um dos assaltantes envolvidos em tiroteio em Queluz estará em morte cerebral

Um dos assaltantes envolvidos numa perseguição policial ontem estará em morte cerebral. Um assalto a uma carrinha de valores em Queluz de Baixo culminou com um tiroteio que provocou cinco feridos, três deles polícias.

O grupo que foi detido ontem pela PSP, depois de assaltar uma carrinha de valores, é suspeito de vários assaltos na zona da Grande Lisboa.

Cinco pessoas ficaram feridas na operação policial, que terminou com várias buscas em Sintra e Oeiras.

  • Buscas na Grande Lisboa ligadas a grupo envolvido em tiroteio em Queluz
    1:00

    País

    Depois do tiroteio em Queluz de Baixo, a PSP efetuou esta sexta-feira buscas em várias zonas da Grande Lisboa. A reportagem da SIC testemunhou a entrada de agentes em várias casas de um bairro em Carnaxide. A polícia estava à procura de provas relacionadas com a onda de assaltos de que o grupo é suspeito. A repórter Carolina Valadas acompanhou a operação policial.

  • Gangue envolvido em tiroteio em Queluz estava a ser vigiado
    1:34

    País

    Um assalto a uma carrinha de valores em Queluz de Baixo provocou, esta sexta-feira, uma perseguição policial a um grupo de assaltantes, que culminou com um tiroteio que provocou cinco feridos, três deles polícias. Os outros dois assaltantes ficaram feridos com gravidade. Faziam parte de um gangue que estava a ser vigiado pela PSP há cerca de duas semanas.