País

Plataforma Algarve Livre de Petróleo aplaude decisão do Tribunal de Loulé

O Tribunal Administrativo e Fiscal de Loulé deferiu a providência cautelar interposta pela Plataforma Algarve Livre de Petróleo (PALP) para travar o furo de prospeção de petróleo que estava previsto ser feito a partir de setembro em Aljezur. Ana Matias aplaude a decisão do tribunal mas admite que ainda vai à luta por uma decisão definitiva. 

Ana Matias - Plataforma Algarve Livre de Petróleo