País

Primeiro-ministro rejeita Orçamento eleitoralista e pede votos pela "estabilidade"

Primeiro-ministro rejeita Orçamento eleitoralista e pede votos pela "estabilidade"

António Costa garantiu este sábado que o próximo Orçamento do Estado não será eleitoralista e que é preciso manter estabilidade económica e politica com a atual maioria de Governo. O líder do PS, que participou na festa-comício da rentrée socialista, apelou ao voto no partido sem nunca pedir a maioria absoluta.

  • Drone norte-americano abatido no Irão
    1:22
  • Brincar ao ar livre como remédio natural
    0:21