País

Arquivado processo que investigava contrato de arrendamento do Campus da Justiça

Foi arquivado o processo que investigava o contrato de arrendamento do Campus da Justiça, em Lisboa. Durante quase oito anos, o Ministério Público investigou suspeitas de participação económica em negócio, prevaricação e abuso de poder, e chegou a vasculhar as contas bancárias de Conde Rodrigues, antigo secretário de Estado da Justiça de José Sócrates.