País

EDP isenta de pagar 108 milhões de euros ao fisco, em 2017. Não foi a única

Jose Manuel Ribeiro

De acordo com o Correio da Manhã, que cita dados da Autoridade Tributária, cerca de 300 contribuintes tiveram, ao longo de 2017, benefícios fiscais superiores a um milhão de euros. Foi o caso da EDP (108 milhões), mas também da autarquia do Porto (87,9 milhões), Lisboa (44,9 milhões), Universidade do Minho (36,6 milhões) e o próprio Estado (49 milhões)

No caso da EDP, o benefício foi aplicado graças à isenção do Imposto sobre Produtos Petrolíferos.

Também a banca e a Galp estão nesta lista. Conseguiram beneficiar de 30 milhões e 20 milhões em impostos, respetivamente,

De acordo com os dados citados pelo jornal, estes benefícios fiscais aumentaram 85 milhões em relação a 2016.