País

Greve dos funcionários judiciais mantém-se até 31 de dezembro

Greve dos funcionários judiciais mantém-se até 31 de dezembro

Os funcionários judiciais vão continuar em greve para exigir o estatuto profissional e a contratação de cerca de mil funcionários que faltam em todo o país. Na próxima quinta-feira, reúnem-se com o Ministério da justiça e esperam chegar a acordo nas negociações. Caso contrário, mantêm as greves agendadas para este ano e para o próximo.