País

Nevoeiro impede cinco aterragens na Madeira

A aplicação "Registo Viajante" permite lançar um alerta para as autoridades em casos de emergência e facilita a identificação de portugueses entre as vítimas de atentados terroristas que possam ocorrer.

HOMEM DE GOUVEIA / LUSA

Três aviões divergiram hoje do Aeroporto da Madeira - Cristiano Ronaldo para a ilha do Porto Santo devido à fraca visibilidade e outros dois regressaram a Lisboa depois de não conseguir aterrar.


Segundo fonte do aeroporto, um voo da TAP (proveniente do Porto), um voo da Transavia (vindo de Amesterdão) e um da easyJet (oriundo de Basel) aguardam no Porto Santo por melhorias no tempo para concluírem as viagens até à Madeira.


Um voo easyJet e um TAP oriundos de Lisboa foram cancelados, regressando os aviões à capital, depois de terem esperado, sem sucesso, por uma 'aberta' para aterrar.


De acordo com a fonte do aeroporto, em causa está a fraca visibilidade e o "teto baixo" provocado pelo nevoeiro.


O arquipélago da Madeira está sob aviso meteorológico amarelo (o menos grave) para chuva até às 24:00 horas de hoje, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera.

Lusa