País

A guerra entre sindicatos de estivadores

A guerra entre sindicatos de estivadores

As paralisações nos portos nacionais arrastam-se há vários anos e têm custado milhões de euros à economia. Os estivadores acusam as empresas portuárias de quererem impor um modelo laboral assente em vínculos precários, salários baixos e horários prolongados. As empresas queixam-se de perderem negócio com as greves sucessivas. Este braço de ferro é agravado pela guerra entre os próprios sindicatos e que inclui ameaças e agressões.

  • Minutos salva-vidas
    20:48