País

Familiares do médico e enfermeira que morreram em Valongo vão receber cerca de 500 mil euros cada 

José Coelho / Lusa

Valor está previsto no seguro de acidentes pessoais para os ocupantes da aeronave.

A família do médico e da enfermeira que morreram na queda do helicóptero do INEM vão receber cerca de um milhão de euros. A informação foi avançada por uma fonte oficial da empresa que operava o helicóptero ao jornal Público.

O valor está previsto no seguro de acidentes pessoais para os ocupantes da aeronave que é feito no momento em que o aparelho é contratado.

Há ainda uma segunda apólice de um seguro de responsabilidade civil combinada, de 50 milhões de euros que a empresa de helitransporte é obrigada a ter para operar no espaço comunitário. Um valor que poderá ser ainda distribuído pelos familiares das quatro vítimas mortais.

  • “A espera” de uma mãe e uma luta que dura há 10 anos
    22:00