País

Rui Rio acusa PGR de pressão "inaceitável"

Rui Rio acusa PGR de pressão "inaceitável"

Está aberta a polémica em torno da composição do Conselho Superior do Ministério Público.

O Presidente da Assembleia da República diz que os deputados não são condicionáveis. Rui Rio acusou a Procuradora-geral da República de fazer uma pressão inaceitável sobre o parlamento ao ameaçar demitir-se.

E em declarações à SIC, o socialista Jorge Lacão sugeriu que o Presidente da República condicionou o Parlamento. O PSD mantém a proposta de alterar o Conselho.

  • “Vamos a Jogo” acompanhou Luís Filipe Vieira no dia da reconquista
    15:21