País

O que precisa saber sobre o protesto dos coletes amarelos que ameaça "parar Portugal"

O que precisa saber sobre o protesto dos coletes amarelos que ameaça "parar Portugal"

Patrícia Almeida

Patrícia Almeida

Texto e edição

Jornalista

Protesto está agendado para esta sexta-feira, 21 de dezembro em várias cidades do país.

Os protestos em França serviram de inspiração aos movimentos que surgiram em Portugal. Um dos grupos criados no Facebook, com mais de 45 mil pessoas e 14 mil confirmações de presença, foi apagado, alegadamente a pedido das autoridades. Agora existem várias páginas e a informação está dispersa. Mas o objetivo é o mesmo: parar Portugal esta sexta-feira, dia 21 de dezembro a partir das 7h00. 20 mil agentes da PSP foram mobilizadas e suspensas as folgas como medida de prevenção. O que pretendem e onde vão decorrer os protestos dos coletes amarelos em Portugal.

  • Governo admite aumento de pressão sobre os hospitais

    Coronavírus

    No dia em que o balanço da Direção Geral de Saúde dá conta de 311 mortes e 11.730 casos de Covid-19 em Portugal, o Governo admite que aumentou a pressão sobre os hospitais. Esta segunda-feira, ficou ainda a saber-se que o País já tem um mapa de risco de infeção por coronavírus. Em Londres, o primeiro-ministro britânico Boris Johnson está internado nos cuidados intensivos. Em Espanha, o número de óbitos desceu pelo quarto dia consecutivo. Já os Estados Unidos ultrapassaram as 10 mil mortes. A pandemia do novo coronavírus já matou, desde dezembro, 73.139 pessoas e infetou mais de 1,3 milhões em todo o mundo.

    SIC Notícias